DEFINIDOS OS VENCEDORES DA 1ª ETAPA, REALIZADA EM MARESIAS, EM FRENTE AO INSTITUTO GABRIEL MEDINA

Nem a chuva, nem o frio atrapalharam a festa na abertura do Circuito Medina de Surf 2018, apresentado por Armarinhos Fernando, neste domingo (17), na Praia de Maresias, em São Sebastião. Afinal, o mais importante estava lá: o show de surf, em boas ondas. Realizada em frente ao Instituto Gabriel Medina (IGM), competição foi marcada pelo alto nível técnico dos jovens talentos do surf, ratificada por grandes disputas nas baterias finais.

Das cinco vitórias, quatro foram “caseiras”. Apenas na sub15 masculina, o primeiro lugar foi para Ubatuba, com o talento Diego Aguiar, três vezes campeão paulista de base. Na mesma faixa etária feminina, Isabela Saldanha voltou a vencer uma disputa, deixando de lado de vez a ideia de parar de competir.

Nas outras três categorias, as comemorações foram do IGM, com Sophia Medina (que já havia sido segunda na sub15) levando a sub13 feminina; Guilherme Fernandes o melhor da sub13 masculina; e Murillo Coura no topo entre os caçulas da sub11 e, de quebra, levando a Rip Curl Best Wave, com a maior nota do evento, um 7,75 pontos.

O Instituto ainda faturou outros dois segundos lugares, confirmando o ótimo trabalho de preparação, na sub15 com Caio Costa e na sub13 com Gabriel Klaussner, que já havia sido o melhor do sábado. Outro destaque na etapa foi Ryan Kainalo, mais um multicampeão estadual, que chegou a duas finais, ficando em terceiro tanto na sub15 quanto sub13.

Sem ter notas, mas valendo muita emoção, a Bateria Onda Azul Wizard Litoral Norte chamou a atenção, ao reunir 11 surfistas com autismo e muitos voluntários para ajudarem no surf, numa importante ação de integração social. No pódio, a vibração dos surfistas azuis também emocionou a todos e a presidente do IGM, Simone Medina novamente enfatizou a parceria com o projeto. Já nas areias, o Instituto Supereco realizou uma grande “faxina”, recolhendo resíduos sólidos e também promovendo um trabalho de conscientização sobre o tema.

Sob olhares atentos de aficionados do surf, o evento contou com vários grandes momentos. Antes das finais, Murillo Coura registou a melhor performance, com a maior nota para registrar a maior somatória entre todas as apresentações do final de semana, com 13,75. Depois, durante as finais, a primeira disputa, a sub15 masculina, confirmou o alto nível técnico e mais uma vez se viu um grande duelo entre Didi Aguiar e Caio Costa.

Diego se posicionou sozinho no lado esquerdo, saiu na frente e manteve a ponta até o término, somando nas duas últimas ondas notas seis. Caio foi recuperando, marcou uma nota melhor do que o adversário, 6,25 e precisava de 5,75 para virar e tirou 5,65. A diferença final foi de um décimo – 12,00 a 11,90. Gabriel Dias, revelação da vizinha praia de Camburi completou o pódio, em quarto lugar. “Foi um campeonato irado, bastante chuva, mas ondas boas. Gostei muito de ganhar aqui em Maresias, praia que gosto muito”, disse Diego.

Entre as meninas da sub15 a bateria foi só de atletas sebastianenses. Isabela deu um show, com uma das melhores notas da competição, um 7,5, fechando o placar com 13,40. Sophia Medina terminou em segundo, com Letícia Peixe em terceiro e Yasmin Neves, filha do experiente surfista Zé Paulo, em quarto. A vencedora chegou a pensar em abandonar as competições, mas confessou que ganhou um novo fôlego com o primeiro lugar. “Estou muito feliz. Fazia muito tempo que não ganhava nada e essa vitória é muito importante para a minha autoestima”, vibrou a atleta de 14 anos.

Na sub13 masculina, a disputa foi entre dois companheiros de treino. Gabriel Klaussner começou bem, com um 5,25, mas depois Gui Fernandes, que este ano foi o campeão do Rip Curl Grom Search, virou com um 6 e um 5,25. Ryan Kainalo repetiu o terceiro lugar, com Robertinho Alves, outro campeão do Rip Curl Grom Search em quarto.

Curiosamente, na abertura do Circuito Medina de 2017, Guilherme perdeu logo em sua primeira disputa e saiu chorando do mar e agora mostrou a grande evolução. “A bateria foi incrível, bem disputada. Sabia que tinha chances de ganhar e estou muito feliz. Ano passado saí frustrado, mas agora foi muito bom. Estava bem focado, com muita vontade de ganhar”, disse o atleta de 12 anos.

Depois, Sophia Medina voltou ao mar para confirmar a superioridade apresentada na categoria. Ela marcou 12 pontos, quase o dobro da segunda colocada sua amiga, companheira de IGM e xará, Sophia Gonçalves. A paranaense Luara Mandelli, filha da longboarder profissional Thiara Mandelli, ficou em terceiro com a baiana radicada em São Sebastião, Sol Carrion. “Eu fiquei em segundo na sub15 e voltei com mais garra para a sub13. Estou muito feliz de ganhar em casa e agora é pensar na próxima”, disse a irmã caçula do primeiro brasileiro campeão mundial de surf, Gabriel Medina.

A última final do dia foi da sub11 e Murillo Coura fez uma apresentação impecável, com um 6,75 e um 6,5. Daniel Duarte da vizinha Bertioga foi o segundo, com Rickson Falcão, de Saquarema (RJ) em terceiro e o baiano Matheus Neves, em quarto. “Fiquei felizão de vencer e ter a melhor nota do evento. Agora é ser campeão. Esse é o trajeto”, resumiu o surfista de 11 anos.

O Circuito Medina de Surf é considerado a “porta de entrada” para ingressar no Instituto Gabriel Medina em 2019. Serão três etapas, todas nas ondas em frente ao IGM, onde Gabriel Medina aprendeu a surfar. A A segunda etapa será realizada nos dias 1 e 2 de setembro e a final nos dias 10 e 11 de novembro.

O Circuito Medina de Surf 2018 é apresentado por Armarinhos Fernando e é uma realização do Instituto Gabriel Medina, com apoios de Vult Cosmética, Pousada Tambayba, Rip Curl e Wizard Litoral Norte, supervisão da Federação Paulista de Surf e colaboração da Associação de Surf de Maresias e Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes.

 

RESULTADOS DA ETAPA

CATEGORIA SUB15 MASCULINA

1 Diego Aguiar – Ubatuta

2 Caio Costa – IGM

3 Ryan Kainalo – Ubatuba

4 Gabriel Dias – São Sebastião

 

CATEGORIA SUB15 FEMININA

1 Isabela Saldanha – São Sebastião

2 Sophia Medina -IGM

3 Letícia Peixe – São Sebastião

4 Yasmin Neves – São Sebastião

 

CATEGORIA SUB13 MASCULINA

1 Guilherme Fernandes – IGM

2 Gabriel Klaussner – IGM

3 Ryan Kainalo – Ubatuba

4 Roberto Alves – Santos

 

CATEGORIA SUB13 FEMININA

1 Sophia Medina – IGM

2 Sophia Gonçalves – IGM

3 Luara Mandelli – PR

4 Sol Carrion – BA

 

CATEGORIA SUB11 MASCULINA

1 Murillo Coura – IGM

2 Daniel Duarte – Bertioga

3 Rickson Falcão – RJ

4 Matheus Neves – BA

 

RIP CURL BEST WAVE – Murillo Coura – 7,75 pontos

CRÉDITO: CACO REIS