RODRIGO SALDANHA GARANTIU A MELHOR ATUAÇÃO NO SÁBADO

 

Já estão definidos os finalistas em duas das cinco categorias na 2ª etapa do Circuito Medina de Surf 2018, apresentado por Armarinhos Fernando. A competição começou neste sábado (15), na Praia de Maresias, em São Sebastião, em frente ao Instituto Gabriel Medina (IGM), em ondas de meio metro. As disputas seguem neste domingo, a partir das 8h, com as finais das 11h15 às 12h55 e transmissão ao vivo pela internet, no link http://institutogm10.com.br/ao-vivo/.

Neste sábado, tanto na sub11 quanto na sub13 feminina, três dos quatro atletas que chegaram nas finais da etapa inicial, voltaram a se classificar. Entre os caçulas do evento, Murillo Coura, atleta do IGM, Matheus Neves, da Bahia, e Daniel Duarte, de Bertioga, estão na decisão deste domingo, junto com Francisco Schaefer, de Ubatuba. Na feminina, Sophia Medina e Sophia Gonçalves, ambas do Instituto, e Sol Carrion, baiana radicada em São Sebastião, garantiram vagas na final, junto com Giovanna Donato, outro talento local.

Quem comemorou muito a vaga foi Matheus. Ele veio de Serra Grande, entre Ilhéus e Itacaré, exclusivamente para participar do evento. Apesar de já ser um grande destaque na Bahia, sendo o atual campeão estadual sub10 e vice sub12, ele conheceu o mar há pouco tempo. Natural de Cárcere, no Mato Grosso, foi de férias para o litoral baiano e se apaixonou pelo cenário e pelo esporte, ao conhecer a escola de surf do tio, conhecido como Neto.

“Tio, eu era gordinho”, brincou o surfista de 11 anos. “E melhorei muito na escola”, acrescenta o atleta. “Se eu for convidado para vir para o IGM, vou falar com o meu tio, que é meu treinador. Aqui é muito legal”, comentou o surfista, acompanhado de seu irmão mais velho, Gustavo Neves, de 13 anos.

Já a melhor performance do dia ficou com Rodrigo Saldanha, outro talento que treina no IGM. Competindo na sub15, ele somou 13,15 pontos, com a maior nota até agora, 8 pontos. “Competir em casa sempre é bom”, falou o surfista, que na mesma Maresias foi o vencedor da etapa do Paulista. Três finalistas da etapa inicial nesta faixa etária, Diego Aguiar e Ryan Kainalo, de Ubatuba, e Gabriel Dias, da vizinha praia de Camburi, avançaram na disputa.

Na feminina também para atletas com até 15 anos, as melhores performances foram das atletas finalistas da etapa inical, com destaque para Letícia Peixe. Yasmin Neves, Isabela Saldanha, vencedora, e Sophia Medina, passaram em primeiro lugar em suas baterias.

GABRIEL MEDINA

Na sub13 masculina, um nome chamou a atenção: Gabriel Medina, homônimo do primeiro brasileiro campeão mundial de surf. Outro talento vindo da Bahia, o atleta mora em Ubatuba e se classificou para o próximo round. A melhor atuação foi de Gabriel Klaussner, seguido de perto por Sunny Pires.

Neste domingo, além do surf, o evento contará com o trabalho de conscientização ambiental, com o Instituto Supereco realizando uma grande “faxina” na areia em frente ao IGM, para recolher resíduos sólidos. Além disso, serão repassadas orientações sobre a importância da preservação do meio ambiente.

O Circuito Medina de Surf 2018 é apresentado por Armarinhos Fernando e é uma realização do Instituto Gabriel Medina, com apoios de Vult Cosmética, Pousada Tambayba, Rip Curl e Wizard Litoral Norte, com supervisão da Federação Paulista de Surf e colaboração da Associação de Surf de Maresias (ASM), Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e da Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes.

CRÉDITO: CACO REIS/IGM

MAIS FOTOS PARA DOWNLOAD NO FLICKR – https://www.flickr.com/gp/gabrielmedina10/3o7m1o