EQUIPE TERÁ 22 ATLETAS E NA ETAPA INICIAL GARANTIU 9 DOS 16 FINALISTAS

Com a expectativa de repetir a excelente performance da etapa inicial e chegando com três dos quatro líderes do Circuito, o Instituto Gabriel Medina (IGM) disputa a final do Rip Curl Grom Search 2018, apresentado por Guaraná Antartica, nestes sábado e domingo (24 e 25), na Praia de Geribá, em Búzios/RJ. O time com 22 atletas e seis integrantes na equipe técnica, já viajou para o evento, com transporte, hospedagem e alimentação custeados pelos patrocínios captados pela Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte.

Apesar da grande atuação nas ondas catarinenses, a ordem é cautela, evitando o clima de euforia, para buscar novas e boas colocações e, consequentemente, os títulos gerais. Entre os destaques, os três líderes – Sophia Medina, na feminina sub16, Caio Costa, na iniciante sub14, e Guilherme Fernandes, na grommet sub12.

Sophia ainda tem só 12 anos; Caio mesmo depois da vitória, fez outra final na mirim sub16, ficando em quarto; e Gui foi o único atleta a ter nota dez na primeira etapa, em São Francisco do Sul/SC. Outro nome forte será Sunny Pires, novo reforço do IGM em 2018, que é local da Praia de Geribá e, inclusive, venceu a etapa de Búzios em 2017. Em Santa Catarina, ele foi o terceiro em sua categoria, aparecendo com chances totais de erguer sua primeira taça em nível nacional, com apoio da torcida local.

Além dos quatro, o IGM atuará com nomes fortes, como Júlia Duarte, outra recém-chegada ao IGM e que foi terceira na feminina; Gabriel de Souza, quarto na iniciante; Murillo Coura e Ryan Coelho, segundo e terceiro na grommet (garantindo quase uma final 100% IGM). Ainda na lista dos surfistas que merecem atenção está Rodrigo Saldanha, dono de umas melhores atuações em SC e que acabou não chegando à final iniciante, por precisar da segunda onda.

O Rip Curl Grom Search 2018, apresentado por Guaraná Antarctica, tem grande importância para o IGM, por contar com as faixas etárias que o projeto investe e também por ter uma relevância nacional e internacional, com os campeões da mirim e feminina sendo os representantes brasileiros na final mundial. Foi o primeiro evento que a equipe participou, dois dias antes da inauguração do Instituto em 2017. Para reforçar a boa atuação na abertura deste ano, dos oito melhores atletas da sub14, seis foram do IGM. Dos quatro finalistas da grommet, três eram do Instituto.

“A expectativa é boa, claro, principalmente com os atletas que tiveram bons resultados na primeira etapa. Mas pé no chão e sabendo que não tem nada ganho. Precisa definir nessa etapa. Então é seriedade, foco e fazer de tudo para trazer esses títulos que nós saímos na frente, na feminina, iniciante e grommet e, quem sabe, dependendo da combinação de resultados, tentar a mirim. Por que não?”, diz o coordenador técnico do IGM, Alex Leco.

RESULTADOS DO IGM NA 1ª ETAPA

  • CATEGORIA MIRIM (SUB16)

  • 4 Caio Costa
  • 7 Higor Souza
  • 7 Sérgio Luan
  • 10 Pedro Bianchini
  • 10 Renan Rodrigues
  • 13 Daniel Adisaka
  • CATEGORIA FEMININA (SUB16)

  • 1 Sophia Medina
  • 3 Júlia Duarte
  • 9 Sophia Gonçalves
  • CATEGORIA INICIANTE (SUB14)

  • 1 Caio Costa
  • 3 Sunny Pires
  • 4 Gabriel de Souza
  • 5 Rodrigo Saldanha
  • 5 Fabrício Rocha
  • 7 Lucca Cassemiro
  • 9 Renan Rodrigues
  • CATEGORIA GROMMET (SUB12)

  • 1 Guilherme Fernandes
  • 2 Murillo Coura
  • 3 Ryan Coelho

Fotos: Caco Reis/IGM e Marcio David/Rip Curl